Home
Fernando de Mello Freyre

Lúcia Gaspar

Bibliotecária da Fundação Joaquim Nabuco

Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo.

 

 

 

Fernando Alfredo Guedes Pereira de Mello Freyre nasceu no Recife, Pernambuco, no dia 14 de outubro de 1943, filho de Gilberto de Mello Freyre e Maria Magdalena de Mello Freyre.

 

Cursou o primeiro e segundo graus em vários colégios, entre os quais o Santa Rosa de Lima, no Rio de Janeiro; o São Luiz e o Marista, no Recife e o Nova Friburgo, no Rio de Janeiro.

 

Bacharelou-se em ciências jurídicas e sociais pela Faculdade de Direito do Recife, em 1967 e, em administração, na Faculdade Olindense, no ano de 1986.

 

Casou-se, em 14 de outubro de 1966, com Maria Cristina Lucas Suassuna, com quem teve três filhos: Gilberto de Mello Freyre Neto, Francisca Suassuna de Mello Freyre e Fernando de Mello Freyre Filho.

 

Atuou na iniciativa privada como sócio-gerente da Serviços Técnicos e Obras Rodoviárias Ltda (Setor), em João Pessoa, PB; e diretor da Empreendimentos Associados de Pernambuco Ltda. (Emape), Recife, PE (1967/1971).

 

Exerceu diversos cargos públicos, entre os quais o de chefe de gabinete do governador de Pernambuco Paulo Guerra (1964-1965); diretor executivo do Instituto Joaquim Nabuco de Pesquisas Sociais (IJNPS), atual Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj), onde ingressou em 1963. Foi presidente da Fundaj no período de 1980 a 2003.

 

Eleito presidente do Conselho Estadual de Cultural de Pernambuco nas gestões 1992-1993 e 1999-2003, participou também ativamente como membro de órgãos, entre os quais o Conselho Deliberativo da Sudene (Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste); o Conselho Universitário da Universidade de Pernambuco (UPE); o Conselho Estadual de Ciência e Tecnologia de Pernambuco; o Conselho de Desenvolvimento da Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP). Sócio efetivo do Instituto Arqueológico, Histórico e Geográfico Pernambucano, fez parte também como sócio correspondente do Museu Imperial, Petrópolis (RJ) e do Instituto Histórico e Geográfico de Alagoas, além de acadêmico correspondente da  Academia Nacional de Belas-Artes, de Lisboa (Portugal). Ocupou ainda as presidências da Associação Cultural Brasil – Japão (1985-1991) e do Caxangá Ágape, Recife (1984-1985). Presidiu a Fundação Gilberto Freyre de 2003 a 2005.

 

Fez parte da União Brasileira de Escritores - Secção Pernambuco (UBE-PE) e foi eleito, em 1998, para a Academia Pernambucana de Letras, onde ocupou a cadeira nº 32 que tem como patrono o historiador Francisco Augusto Pereira da Costa.

 

Entre as distinções que recebeu, podem ser destacadas: a Ordem do Mérito Guararapes, Grau de Comendador (1986); Ordem do Mérito Militar, Grau de Oficial (1986); Ordem Militar de Santiago da Espada, Grau de Comendador, conferido pelo presidente da República Portuguesa, em 1987; Ordem Nacional do Mérito Educativo, Grau de Grande Oficial (1994); Ordem de Rio Branco, Grau de Comendador (1999); Ordem Estadual no Mérito Renascença do Piauí, Grau Comendador (1999); Ordem do Mérito Cultural Wall Ferraz, do Piauí (2000).

 

Além de diversas colaborações em periódicos e obras coletivas, publicou as seguintes obras: Administração e pesquisa, 1979; Breves considerações sobre alguns problemas das universidades brasileiras, 1981; Por uma política de desenvolvimento social para o Brasil, 1981; Engenharia social e outros temas,1985; Brasileiridade, 1992; Fundação Joaquim Nabuco: dimensão da terra e do homem, 1992; Tempo de Pernambuco: geração, tradição e cultura, 1999;Missão cumprida. 2003; Vivendo,lutando, sonhando, 2006.

 

Fernando de Mello Freyre morreu no Recife, em 28 de abril de 2005.

 

 

Recife, 19 de setembro de 2008.

Atualizado em 28 de agosto de 2009.

 

 

 

FONTES CONSULTADAS:

 

 

 

ACADEMIA PERNAMBUCANA DE LETRAS. Os de ontem, os de hoje, os de sempre. Recife, 2002. p.71-76.

 

FERNANDO DE Mello Freyre. Disponível em: <http://www.fgf.org.br/instituicao/FernandoFreyre.html>. Acesso em: 29 ago. 2008.

 

MORRE o guardião da obra de Gilberto Freyre. Disponível em: <http://www.nordesteweb.com/not04_0605/ne_not_20050503b.htm>. Acesso em: 29 ago. 2008.

 

 

 

COMO CITAR ESTE TEXTO:

 

 

 

Fonte: GASPAR, Lúcia. Fernando de Mello Freyre. Pesquisa Escolar Online, Fundação Joaquim Nabuco, Recife. Disponível em: <http://basilio.fundaj.gov.br/pesquisaescolar/index.php>. Acesso em: dia  mês ano. Ex: 6 ago. 2009.

 

 

Busca "Palavra-chave"

Busca "A a Z"


Copyright © 2019 Fundação Joaquim Nabuco. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido pela Fundação Joaquim Nabuco