Home
Farol natal, RN

Semira Adler Vainsencher

Pesquisadora da Fundação Joaquim Nabuco

Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo.


Desde o ano de 1858, o Porto de Natal, no Estado do Rio Grande do Norte, contava com a presença do Farol Reis Magos, situado dentro do forte homônimo, à margem esquerda do rio Potengi, assim como a duas milhas de sua foz.

Era um farol de médio porte, com precários recursos de visibilidade e alcance luminoso, que merecia ser substituído desde a década de 1940. E, paralelamente, a cidade se expandia, aumentando as exportações de açúcar, algodão e sal
.

No ano de 1948, a Diretoria de Hidrografia e Navegação aprovou a edificação de um novo farol. O local escolhido foi uma área cedida pela Prefeitura - a Ponta do Pinto - em um bairro da cidade conhecido como "Mãe Luíza".

Durou cerca de dois anos a construção da torre de alvenaria do Farol Natal. A sua lanterna, confeccionada pela Oficina de Faróis da Diretoria de Navegação, na ilha de Mocanguê Grande, possui uma seção horizontal, com a forma de um polígono de 18 lados, inscrita em um círculo com 2,60 metros de diâmetro.

O farol, por sua vez, possui um aparelho lenticular da Barbier, Bernard & Turènne, com 375 mm de diâmetro focal e uma fonte luminosa de 1.000W que permanecem instalados até o presente. Pela complexidade e qualidade dos seus equipamentos, o farol necessita de cuidados permanentes por parte de uma equipe técnica especializada.

Quando o Farol Natal foi inaugurado, há pouco mais de meio século atrás, concomitantemente, foi desativada a luz do Farol Reis Magos, depois de ter prestado quase um século de bons serviços à segurança dos navegadores.

 

 

Recife, 8 de abril de 2004.

(Texto atualizado em 25 de março de 2008).


 

 

FONTE CONSULTADA:

 


SIQUEIRA, Ricardo. Luzes do novo mundo: história dos faróis brasileiros. Rio de Janeiro: Edição do Autor, 2002.

 


 

COMO CITAR ESTE TEXTO:

 


Fonte
: VAINSENCHER, Semira Adler. Farol Natal, RN. Pesquisa Escolar Online, Fundação Joaquim Nabuco, Recife. Disponível em: <http://basilio.fundaj.gov.br/pesquisaescolar/>. Acesso em: dia  mês ano. Ex: 6 ago. 2009.

 

Busca "Palavra-chave"

Busca "A a Z"


Copyright © 2020 Fundação Joaquim Nabuco. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido pela Fundação Joaquim Nabuco