Home
Blanche Wolf Knopf

 

Lúcia Gaspar

Bibliotecária da Fundação Joaquim Nabuco

Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo.  

 

Blanche Wolf Knopf nasceu na cidade de Nova York, EUA, no dia 30 de julho de 1894, filha caçula de Bertha Samuels e Julius W. Wolf, um rico joalheiro austríaco.

Estudou no New York Gardner School e teve professores particulares de francês e alemão, o que lhe proporcionou um bom domínio das duas línguas.

Em 1911, numa das temporadas de verão da família, em Long Island, conheceu Alfred A. Knopf, com quem casou em 14 de abril de 1916 e teve um filho, Alfred A. Knopf Jr, dois anos depois.

Um ano antes de se casarem, ela e Alfred Knopf fundaram uma companhia editora, a Alfred A. Knopf Inc, que se tornou uma das mais importantes e conceituadas dos Estados Unidos.

Interessada nas técnicas e artes da impressão, Blanche investiu no conhecimento da área, tornando-se uma especialista no assunto. Foi a responsável pela criação da famosa logomarca da editora representada por um cão russo da raça Borsoi Wolfhound.

Blanche KnopfA partir de 1920, fez inúmeras viagens à Europa em busca de bons autores para publicação nos Estados Unidos. O fato de ser poliglota facilitou seu contato com autores e editores europeus. Dessa forma, conseguiu contratos para publicação de escritores importantes como Andre Gide, Thomas Mann, Mikhail Sholokhov, Albert Camus, Jean-Paul Sartre, Ilva Ehrenberg, além de publicar o último livro escrito por Sigmund Freud, Moses and monotheism(Moisés e o monoteísmo). Em 1921, tornou-se vice-presidente da Alfred A. Knopf Inc.

Em 1936, visitou a Alemanha ficando impressionada com o que encontrou: a maioria dos escritores e editores alemães havia deixado o País por causa do Nazismo.

Em 1942, visitou à América Latina, quando assinou contratos com alguns escritores, entre os quais os brasileiros Jorge Amado e Gilberto Freyre, de quem a Alfred A. Knopf Inc. tornou-se editora americana oficial.

No final da década de 1940, a empresa estava solidamente estabelecida como uma das líderes do mercado editorial americano.

Num mundo absolutamente masculino, Blanche Knopf assumiu a presidência da Alfred A. Knopf Inc, em 1957, e desempenhou um importante papel no mercado de edições de livros no século XX. Publicou e promoveu a obra de escritores europeus, hispânicos, afro-americanos, além de autores feministas.

Pelo seu trabalho de divulgação de autores europeus e sul-americanos, recebeu do governo francês os títulos de Cavaleiro (1949) e Oficial (1960) da Legião de Honra e do governo brasileiro a Ordem Nacional do Cruzeiro do Sul.

No dia 4 de junho de 1966, um mês antes de completar 72 anos, Blanche Knopf morreu na cidade de Nova York. Atuou como editora até os últimos momentos da sua vida. Apesar de não conseguir mais ler manuscritos, fazia com que outras pessoas os lessem e era dela, sempre, a palavra final sobre os livros que deveriam ser publicados.

Em 1968, a Alfred A. Knopf Inc. doou uma grande coleção de livros para ajudar a recompor o acervo da biblioteca do então Instituto Joaquim Nabuco de Pesquisas Sociais – IJNPS (atual Fundação Joaquim Nabuco) atingido por uma enchente do rio Capibaribe. Como uma homenagem a memória da empresária norte-americana, a diretoria do IJNPS deu o seu nome à Biblioteca.

Recife, 27 de março de 2009.
(Atualizado em 21 de agosto de 2009).

FONTES CONSULTADAS:

BLANCHE W. Knopf, 1894-1966: biographical Sketch. Disponível em: <http://www.hrc.utexas.edu/research/fa/knopf.bio.html>. Acesso em: 23 mar. 2009.

BRODY, Seymour “Sy”. Blanche Wolf Knopf (1894-1966). Disponível em: <http://www.jewishvirtuallibrary.org/jsource/biography/knopf.html>. Acesso em: 4 mar. 2009.

KNOPF, Blanche: Overview, Personal life, Career details, Chronology: Blanche Knopf, Social and economic impact (1894-1966). Disponível em: <http://encyclopedia.jraopfnk.org/articles/pages/6294/Kn-Blanche.html>. Acesso em: 23 mar. 2009.

COMO CITAR ESTE TEXTO:

Fonte: GASPAR, Lúcia. Blanche Knopf. Pesquisa Escolar Online, Fundação Joaquim Nabuco. Disponível em:
<http://basilio.fundaj.gov.br/pesquisaescolar>. Acesso em: dia mês ano. Ex: 6 ago. 2009.

 

Copyright © 2020 Fundação Joaquim Nabuco. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido pela Fundação Joaquim Nabuco