Home
Museu da Borracha, Rio Branco, Acre

Albino Oliveira
Museólogo da Fundação Joaquim Nabuco
Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo.

O Museu da Borracha está localizado na cidade de Rio Branco, capital do estado do Acre, região Norte do Brasil.

Inaugurado em 5 de novembro de 1978 pelo Governador Geraldo Gurgel Mesquita, por ocasião do Centenário da Imigração Nordestina no estado, tem a missão de coletar, pesquisar e divulgar os testemunhos materiais e imateriais da história e da cultura acreana.

Em 2003, na comemoração de aniversário dos seus 25 anos de criação, o Governador do Estado Jorge Viana instituiu, através do Decreto-Lei nº 8.993, uma nova denominação para a Instituição, que passou a chamar-se Museu da Borracha Governador Geraldo Mesquita.

O Museu ocupa, através de comodato, um prédio do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) e é mantido pela Fundação Elias Mansour, com subsídio do Estado.

Os bens culturais que compunham o núcleo inicial do Museu foram adquiridos através de uma campanha de doação que se estendeu após a sua fundação, mobilizando pessoas interessadas em preservar os registros culturais acreanos.

O acervo, formado por doações e objetos adquiridos por permuta com a Universidade Federal do Acre (UFAC), possui aproximadamente 5.317 peças distribuídas em coleções etnográficas, arqueológicas, paleontológicas, fotográficas, de periódicos, de impressos, de partituras, de artes visuais, de arte sacra e de objetos do universo político-administrativo do estado. 

Uma visita à exposição do Museu permite a observação de peças referentes à colonização do Acre, de fósseis de animais pré-históricos, de objetos arqueológicos como vasos com figuras antropomórficas e de testemunhos da cultura material de povos indígenas do Acre e do sudeste do Amazonas, como: arco e flechas, bordunas, cestarias, cerâmicas, adornos corporais e tecelagens.

O Museu possui ainda uma biblioteca com cerca de 4.700 volumes entre livros e periódicos sobre a história do Acre e da região amazônica.

Recife, 28 de março de 2011.

FONTES CONSULTADAS:

MUSEU da Borracha. Disponível em: <http://www.museus.gov.br/SBM/cnm_conhecaosmuseus.htm>. Acesso em: 22 mar. 2011.

MUSEU da Borracha. Disponível em: <http://www.revistamuseu.com.br/enderecos/detalhar.asp?nom_cat=Hist%C3%B3ria&categoria=7&nom_regiao=Acre&nom_pais=Brasil&id_end=81&tipo=4>. Acesso em: 22 mar. 2011.

MUSEU da Borracha. Disponível em: <http://www.ac.gov.br>. Acesso em: 22 mar. 2011.

MUSEU da Borracha (foto neste texto). Disponível em: <http://profwilsonaraguaia.blogspot.com/2010/06/museu-da-borracha-acre.html>. Acesso em: 28 mar. 2011.

COMO CITAR ESTE TEXTO:

Fonte: OLIVEIRA, Albino. Museu da Borracha, Rio Branco, Acre. Pesquisa Escolar Online, Fundação Joaquim Nabuco, Recife. Disponível em: <http://basilio.fundaj.gov.br/pesquisaescolar/>. Acesso em: dia  mês ano. Ex: 6 ago. 2009.

 

Busca "Palavra-chave"

Busca "A a Z"


Copyright © 2019 Fundação Joaquim Nabuco. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido pela Fundação Joaquim Nabuco