Home
Manuel Diégues Júnior

Virgínia Barbosa
Bibliotecária da Fundação Joaquim Nabuco
Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo.

 

O professor, sociólogo e advogado alagoano Manuel Baltazar Pereira Diégues Júnior, filho de Manuel Baltazar Pereira Diégues Júnior e Luísa Amélia Chaves Diégues, nasceu em Maceió, no dia 21 de setembro de 1912.

Seus estudos primários e secundários foram realizados no Grupo Escolar Diégues Júnior, no Liceu Alagoano e no Ginásio de Maceió. 

Aos 16 anos, foi fundador e primeiro presidente do Grêmio Literário Guimarães Passos e, por um período de dois anos (1932-1933), secretariou a Comissão de Folclore.
Concluiu o curso de Ciências Jurídicas e Sociais pela Faculdade de Direito do Recife em 1935, mas dedicou-se ao estudo da Antropologia e da Sociologia.
Ensinou no Liceu Alagoano (1937) e ingressou no serviço público como assistente da Delegacia Regional do Trabalho em Maceió (1938). No ano seguinte, radicou-se no Rio de Janeiro e trabalhou na Secretaria Geral do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Exerceu o cargo de Diretor Geral do Departamento Estadual de Estatística dos Estados do

Espírito Santo (1940) e de Alagoas (1942). Fundou e foi o primeiro presidente do Centro de Estudos Econômicos e Sociais, em Maceió. 
Em 1945, retorna ao Rio de Janeiro como chefe de Difusão Cultural da Secretaria Geral do IBGE e, três anos depois, é designado para dirigir o Serviço de Biblioteca e Intercâmbio

Geral da mesma Secretaria. Neste período, foi eleito membro da Comissão Nacional de Folclore do Instituto Brasileiro de Educação, Ciência e Cultura (IBECC), órgão da Unesco. Entre 1958 e 1979, exerceu o cargo de Diretor do Centro Latino-Americano de Pesquisas em Ciências Sociais e do Departamento de Ações Culturais do Ministério da Educação.

Foi professor de Antropologia Cultural e Antropologia no Brasil e diretor do Departamento de Sociologia e Política da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Teve intensa participação nos estudos relacionados ao folclore e ministrou cursos em universidades estrangeiras. Entre outras instituições culturais, foi membro da American Anthropological Association, do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro, Instituto Histórico Geográfico Alagoano (IHGA), da Associação Latino Americana de Sociologia, do Conselho Federal de

Cultura, Academia Alagoana de Letras, Sociedades Brasileira de Geografia e a de Sociologia, e sócio correspondente do Instituto Histórico e Geográfico de Sergipe.



OBRAS:

 

Variações sobre temas regionais (1942); O bangüê nas Alagoas, traços da influência do sistema econômico do engenho de açúcar na vida e na cultura regional (1949); Etnias e culturas no Brasil (1952); O engenho de açúcar no Nordeste, Documentário da Vida Rural, nº 1 (1952); Introduccíon a la sociologia regional (1954); População e açúcar no Nordeste do Brasil (1954); Estudo de relações de cultura no Brasil (1955); Land Tenue and Use in the Brazilian Plantation Systems (1959); População e propriedade de terra no Brasil (1959); Regiões culturais do Brasil (1960); Estabelecimentos Rurais na América Latina (1964); Imigração, urbanização e industrialização: estudo sobre alguns aspectos da contribuição cultural da imigração no Brasil (1964); O Brasil e os brasileiros: ensaio sobre alguns aspectos das características humanas das populações brasileiras (1964); Região, desenvolvimento e cultura (1966); Ocupação humana e definição territorial do Brasil (1971); Literatura de Cordel: a literatura oral e sua tradição Ibérica (1975); Literatura popular em verso (1986).
Manuel Diégues Júnior faleceu no Rio de Janeiro em 28 de novembro de 1991.


Recife, 28 de agosto de 2012.

 




FONTES CONSULTADAS
:

 

 

BARROS, Francisco Reinaldo Amorim de. ABC das Alagoas: dicionário biobibliográfico, histórico e geográfico das Alagoas. Brasília: Senado Federal, Conselho Editorial, 2005. V. 1. (Edições do Senado Federal; v. 62-A). p. 428-429.

DIÉGUES Júnior, Manuel. Disponível em: . Acesso em: 28 ago. 2012.

SOUTO MAIOR, Mário. Dicionário de folcloristas brasileiros. Recife: 20-20 Comunicação e Editora, 1999. p. 120.

 

 

COMO CITAR ESTE TEXTO: 

 

 

Fonte: BARBOSA, Virgínia. Manuel Diégues Júnior. Pesquisa Escolar Online, Fundação Joaquim Nabuco, Recife. Disponível em: <http://basilio.fundaj.gov.br/pesquisaescolar/>. Acesso em: dia  mês ano. Ex: 6 ago. 2009.

 

Busca "Palavra-chave"

Busca "A a Z"


Copyright © 2019 Fundação Joaquim Nabuco. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido pela Fundação Joaquim Nabuco