Home
Mercado da Ribeira, Olinda, PE

Lúcia Gaspar

Bibliotecária da Fundação Joaquim Nabuco

Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo.

Mercado da Ribeira. Foto data de cerca de 1940            Construído no final do século XVII e início do século XVIII, provavelmente por volta de 1693, o Mercado da Ribeira está localizado na Rua Bernardo Vieira de Melo, s/n, na parte alta da cidade de Olinda, Pernambuco. Funcionou como antigo mercado de carne, farinha, peixes e escravos. No local foram encontrados instrumentos de tortura para os condenados por crimes.

Seu edifício é característico do Brasil colônia, com piso em tijolos, dois terraços com colunas e batente em pedra.

Do final do século XIX até a primeira metade do XX, servia de mercado público e açougue. Havia uma peculiaridade no seu funcionamento como açougue. Quando sobrava carne verde, às 11h da manhã um funcionário do mercado tocava uma corneta, anunciando para a população da cidade que estava sobrando carne de primeira qualidade a preço baixo (500 réis por quilo). Como na época não havia refrigeração, os produtos mais perecíveis tinham que ser vendidos no mesmo dia, para evitar prejuízo aos comerciantes. 

Hoje, restaurado no estilo original, abriga lojas de artesanato, onde podem ser encontrados peças de barro, artigos de renda, couro e palha, as típicas máscaras de papel machê, além de suvenires de Pernambuco. É um dospontos turísticos conhecidos de Olinda, funcionando diariamente das 9h às 18h30. Há também no local oficinas de entalhadores, gravuras e pinturas.

Durante o carnaval de Olinda, no pátio do Mercado da Ribeira são realizados vários encontros de blocos e caboclinhos, saindo depois para os desfiles pelas ladeiras da Cidade Alta.

 

Do Mercado da Ribeira pode-se apreciar ainda as ruínas do antigo Senado de Olinda, que também fazem parte do sítio histórico.

Em janeiro de 2005 foi colocado um novo sistema de iluminação especial no local, com 43 refletores, para valorizar a fachada, as entradas das lojas e o pátio interno do prédio.

Recife,  12 de abril de 2005.

(Atualizado em 31 de agosto de 2009). 

 

FONTES CONSULTADAS:

 

MANGUINHO, Gaston. Fragmentos da história de Olinda, Anuário de Olinda, Olinda, n.15-16, p.49-53, set. 1951.

MERCADO da Ribeira inaugura iluminação especial. Disponível em: <http://jc.uol.com.br/2005/01/20/not_81779.php>. Acesso em: 15 fev. 2005.

PREFEITURA DE OLINDA. Guia turístico: Mercado da Ribeira. Disponível em: <http://portalolinda.interjornal.com.br/mercados_publicos.shtml>. Acesso em: 23 mar. 2005.

MERCADO da Ribeira. Disponível em: <http://www.iphan.gov.br/supregionais/5sr/igrejasolinda.htm>. Acesso em: 6 abr. 2005.  

COMO CITAR ESTE TEXTO:

Fonte: GASPAR, Lúcia. Mercado da Ribeira (Olinda, PE). Pesquisa Escolar Online, Fundação Joaquim Nabuco, Recife. Disponível em: <http://basilio.fundaj.gov.br/pesquisaescolar/>. Acesso em: dia  mês ano. Ex: 6 ago. 2009.

 

Busca "Palavra-chave"

Busca "A a Z"


Copyright © 2019 Fundação Joaquim Nabuco. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido pela Fundação Joaquim Nabuco